Buscar
  • Vera Lúcia Bueno

Hoje tem poesia!



Esta poesia nos leva a pensar sobre as transformações que naturalmente acontecem com o passar dos anos em nossas vidas. Transformações acontecem desde o nascimento até a velhice, elas são físicas e também emocionais. Na infância um mundo novo se abre a cada dia, são inúmeras as transformações e aprendizados. Uma fase com marcante transformações acontece da infância para a adolescência, o corpo muda, a voz muda, o humor também muda. Administrar tantas mudanças pode ser difícil e os conflitos familiares podem acontecer com mais frequência. Quando o adolescente se adapta melhor a este novo mundo já está a caminho outra fase, a vida adulta, nesta fase existem muitas cobranças internas, afirmação profissional e identificações com o padrão familiar (nem sempre desejado), o adulto pode se transformar em pai ou mãe e iniciar novo ciclo de vida. Ao passar para a fase da velhice, onde o tempo risca seu rosto ou pode pratear os cabelos, como diz a citação poética de nosso autor desconhecido, vemos as transformações de amadurecimento e neste momento vale lembrar que no caminho do desenvolvimento vamos nos redescobrindo e a cada fase vamos conhecendo características novas, algumas admiráveis e outras nem tanto, mas tudo faz parte de um Eu em formação. Este processo acontece gradativamente e por isso é muito importante preservar o melhor de cada fase, assim, guardaremos o viço, sonhos, risos, rebeldias e desejos, mas não podemos nos paralisar pois o princípio do ser humano e se “re-descobrir” diariamente, reinventar-se na tentativa de não acomodação e na renovação de si, como nos presenteia esta linda poesia.

4 visualizações
  • Instagram
  • Facebook ícone social
WhatsApp-icone.png

Rua Marcos Mocelin, 89, Sala 3 - Santa Felicidade - Curitiba, Paraná - 82020-510
Telefone (41) 99969-7200